Nosso Deus Pode Resolver Qualquer Coisa

   

Você provavelmente se lembra da história de Gênesis em que Deus aparece a Abraão. O patriarca estava sentado à porta de sua tenda no horário quente do dia, quando subitamente três homens apareceram diante dele, em baixo de uma árvore. Abraão saiu para encontrar os homens, preparou-lhes uma refeição e os recebeu como visitas.

Durante sua conversa, o Senhor perguntou a Abraão onde estava Sara, sua esposa. E aí Deus disse algo incrível: "...Sara, tua mulher, dará à luz um filho" (Gênesis 18:10).

Na ocasião, Sara estava dentro da tenda, ouvindo a conversa. E quando ouviu isto, ela riu diante da idéia. Impossível, pensou. Ela tinha uma idade muito além da idade para se ter filhos, e Abraão era muito velho para procriar.

Contudo, quando Deus ouviu o riso de Sara, disse: "Por que se riu Sara, dizendo: Será verdade que darei ainda à luz, sendo velha? Acaso para o Senhor há cousa demasiadamente difícil?..." (vs. 13-14).

Escrevo esta mensagem hoje porque Deus faz a mesma pergunta aos Seus filhos nos dias atuais: acaso para o Senhor há alguma coisa demasiadamente difícil? Cada um de nós tem de enfrentar suas próprias dificuldades na vida. E no centro delas, Deus pergunta: "Você acha que o seu problema é muito difícil para Eu resolver? Ou acredita que posso solucioná-lo, mesmo que você ache isto impossível?"

Jesus nos diz: "...Os impossíveis dos homens são possíveis para Deus" (Lucas 18:27). Você crê nesta palavra do Senhor? Você aceita que Ele pode fazer o impossível em seu casamento, em sua família, em seu trabalho, visando seu futuro?

Somos rápidos em dizer aos outros que Ele pode.Quando vemos nossos amados enfrentando dificuldades, dizemos: "Agüente firme, e olhe para cima. O Senhor é capaz. Não pare de confiar nEle. Ele é o Deus do impossível".

Mesmo assim, fico pensando: será que cremos nestas verdades quando aplicadas a nós mesmos? Sara, que duvidou do Senhor, provavelmente daria o mesmo conselho à suas amigas. Suponha que ela tivesse ouvido a respeito de um casal do Senhor, vivendo uma situação semelhante; pessoas fiéis que desejavam um filho, mas que eram muito velhos para gerar um. O casal cria que Deus lhes havia prometido uma criança, mas agora estavam envelhecendo. E pouco a pouco, estavam perdendo a confiança em seu sonho.

Se perguntássemos a Sara o que ela lhes diria, provavelmente responderia: "Dir-lhes-ia para ficarem firmes. Não se pode abandonar a esperança dos sonhos. Eles servem um Deus que faz o impossível. Ele resolverá isto para eles."

No entanto, Sara teve dificuldades em crer nisto em relação à si própria. E hoje em dia muitos cristãos agem de modo igual. Ousadamente proclamamos o poder de Deus para os outros, mas não cremos em Sua palavra em relação a nós mesmos.


Não Cremos Realmente em Deus,
a Menos que Creiamos que Ele é o Deus do Impossível


Para nós não será suficiente simplesmente crermos em Deus como criador, o construtor de todas as coisas. Também temos de crer que Ele é um Deus que deseja ardentemente realizar o impossível em nossas vidas. A Bíblia deixa claro: se não cremos nEle nestes termos, significa que não cremos nEle em absoluto.

Em minha opinião, nenhuma quantidade de aconselhamento ajudará uma pessoa, caso ela duvide que Deus pode operar um milagre. Não me entenda mal: não sou contra o aconselhamento cristão. Mas é inútil aconselhar alguém que não esteja inteiramente convencido de que Deus pode resolver o seu problema, não importa qual seja.

Na posição de pastor que faz aconselhamentos, sei que nada posso oferecer a um casal que não creia que Deus possa salvar o seu relacionamento. Pode parecer a eles que não há a mínima esperança, talvez tenham construído anos de ressentimento e de amargura. Mas têm de estar convencidos de que Deus pode fazer o impossível.

Digo de cara a estes casais: "Sim, eu faço o aconselhamento de vocês. Mas primeiro, tenho de perguntar: vocês crêem verdadeiramente que Deus pode consertar o seu casamento? Vocês têm fé de que, não importa o quão impossível as coisas lhe pareçam, Ele tem o poder para restaurar o seu relacionamento?"

Alguns respondem: "Mas o senhor desconhece o que passei com meu cônjuge. Ganhei feridas muito profundas. A minha dor está além do que o senhor imagina". Este tipo de resposta me diz que eles engoliram a mentira do diabo. Ele os convenceu de que sua situação é irreversível. Contudo Jesus falou mui claramente a cada um de Seus filhos: "...Os impossíveis dos homens são possíveis para Deus" (Lucas 18:27). Nesse país inteiro os cristãos estão desistindo de seus casamentos. Até mesmo alguns de meus amigos ministros estão se divorciando. Quando converso com eles a respeito de sua situação, me convenço de que eles não acreditam que seu matrimônio possa ser curado. Simplesmente não confiam em que Deus faça o impossível por eles.

Porém, qualquer casal cristão que desiste e abandona a batalha não quer na realidade, que seu casamento seja restaurado. Em verdade, muitos dos cônjuges que me procuram para aconselhamento já resolveram abandonar esta relação. A única razão pela qual estão lá, é receber minha aprovação quanto às resoluções anteriormente determinada por eles.

Amado, nenhum conselheiro no mundo inteiro pode lhe ajudar, a menos que você creia totalmente na palavra de Deus no tocante ao seguinte: nada em sua vida está acima da capacidade dEle em resolver. Caso contrário, seu cristianismo será em vão - pois você crê em Deus só até um certo ponto. Você na verdade não crê que Ele seja o Deus do impossível.

A esposa de um pastor há pouco me escreveu contando a respeito das mentiras habituais de seu marido. As mentiras dele são tão grosseiras, que já foi pego nelas muitas vezes. E mesmo apesar de as pessoas de sua igreja já o confrontarem sobre este problema, ele continua negando. < deixá-lo?. em pensando ?Estou palavras: estas com carta a termina Ela si.? verdade tem não pois verdade, proclamar consegue mas poder, de mensagem uma prega Ele nele. confiam filhos nossos E marido. meu vergonha ?Tenho seguinte: o escreveu esposa Sua>Trago simpatia por esta querida irmã. Mesmo assim, sei que ela não está convencida de que Deus pode fazer o impossível por ela. Ela creu em Deus só até um certo ponto - e aí resolveu fugir. Mas o divórcio nunca é uma opção para o cristão, a menos que o cônjuge o maltrate fisicamente. Neste caso, deve-se definitivamente deixá-lo. Em todos os outros casos, contudo, o Senhor diz mui claramente: "Sou o seu Deus - e posso resolver isto."

Eis o que gostaria que esta mulher tivesse escrito: "Entendo que os meus filhos se tornaram herdeiros da disfunção de meu marido. E sei que ele provavelmente vai perder o púlpito devido a esse pecado continuado. Mas sei que sirvo um Deus que é capaz para resolver qualquer problema. E creio que Ele pode salvar nosso casamento, restaurar nossa família e reconstruir novamente nossa igreja. Então, vou continuar com meu marido, não importa o preço. Vou crer que é verdadeiro o que Deus diz: que nada é impossível para Ele.


O Evangelho de Marcos Descreve Uma Situação Apavorante -
Uma Situação que Parecia Impossível de se Resolver


Em Marcos 9, um pai perturbado trouxe o filho possuído por demônios aos discípulos de Jesus, em busca de libertação. O rapaz não estava simplesmente com problemas ou rebelde. Ele estava cheio de espíritos maus, e eles controlavam todas suas ações. A situação dele era conhecida por toda a região, e quando os pais o viam se aproximar, provavelmente corriam para guardarem os filhos em casa.

Este pobre rapaz era considerado um caso sem esperança. Era surdo e mudo, e por isso só emitia sons guturais. Espumava pela boca como um cachorro louco, e fisicamente era pele e osso, consumido por sua terrível luta. Seu pai tinha de ficar com ele o tempo todo, pois os demônios tentavam lançá-lo no rio, no lago mais próximo, ou sobre o fogo, buscando lhe matar.

Imagino quantas vezes este pai teve de pular num lago, tirar o filho e ressuscitá-lo. Só evitar que o rapaz se matasse, já era um trabalho em tempo integral. Imagine o número de cicatrizes e de marcas de queimaduras neste corpo ferido. Ver o filho nesta situação, sem alguém capaz de ajudar, deve ter partido o coração daquele pai.

Agora, quando o pai se apresenta aos discípulos, Satanás começa a se manifestar no menino. Começa a espumar pela boca, a rolar pelo chão, se contorcendo e girando com fúria. As escrituras dizem que os discípulos oraram por ele - talvez por muito tempo - mas nada aconteceu.

Deve ter parecido uma situação impossível. Logo, os escribas que duvidavam se ajuntaram em torno, perguntando: "Por que o menino não fica curado? Será este um caso muito grave para Ti, Senhor? Será que numa situação destas o diabo é o mais poderoso?"

Mas aí, Jesus entra em cena. Quando pergunta o que está acontecendo, o pai responde: "Trouxe meu filho para os Seus discípulos, mas não conseguiram curá-lo. É um caso sem esperança." Jesus simplesmente responde: "Se tu podes crer; tudo é possível ao que crê" (Marcos 9:23). Cristo estava dizendo a todos os presentes: "Vocês acham que posso cuidar de qualquer situação, com exceção daquelas que estejam sob o controle do diabo? Quero lhes dizer que não há problema ou circunstância impossível que Eu não possa resolver."

Então, com uma só palavra, Jesus fez do impossível uma realidade: "...repreendeu o espírito imundo, dizendo-lhe: Espírito mudo e surdo, eu te ordeno: Sai deste jovem e nunca mais tornes a ele" (v. 25). Nessa hora, o rapaz caiu no chão como morto. Mas, dizem as escrituras: "...Jesus, tomando-o pela mão, o ergueu, e ele se levantou" (v. 27).

Você pode imaginar a alegria desta cena? O rapaz limpo, liberto, deve ter corrido para seu pai e o abraçado. E o coração do pai pulou de alegria. Deus tinha resolvido tudo.

Então, por que o Espírito Santo moveu Marcos a incluir esta história no evangelho? Creio que foi para que, a partir daquele momento, todo pai saiba que pode-se confiar que Deus fará o impossível pelos filhos desses pais. O Senhor estava dizendo: "Posso restaurar qualquer coisa e qualquer pessoa. Se apenas você crer, todas as coisas lhe serão possíveis através de Mim."

Hoje, por todo o mundo, multidões de pais cristãos estão em agonia porque seus filhos estão sob o poder do diabo. Em nossa própria congregação, vejo a dor de mães que viajam de ônibus para o norte do estado para visitar os filhos na prisão. Elas sabem o que é a dor de se assentar de um lado de uma parede de vidro grosso, encarar o menino que antes tinha um espírito terno. De algum modo ele ficou preso às drogas, e aí tentou cometer um roubo para sustentar o vício. E agora está preso, e ficando ainda mais endurecido. Ela tem orado por ele por anos, mas agora está perdendo as esperanças. Ela não acha que alguma vez o verá transformado.

Também vejo pais com o coração partido, que jamais sonharam que suas filhas iriam atrás de drogas. Viram sua filhinha se juntar com a turma errada na escola, e se viciarem. Rapidamente ela foi ficando tão rebelde, que o pai teve de lhe pedir para sair de casa devido à influência sobre os irmãos. Agora então ela está nas ruas, vendendo o corpo para sustentar o vício. E o pai passa a noite em claro, derramando um mar de lágrimas. Está convencido de que a perdeu para sempre.

Conheço um pai que foi até uma favela para encontrar o filho que estava viciado. Foi se informando até que um traficante lhe disse que o menino estava numa "boca" de crack. Quando o homem entrou no lugar, viu uma mera "forma" do filho que conhecera. O corpo do rapaz estava esquelético devido ao uso da droga. Quando o pai lhe implorou para ir para casa, o jovem nem lhe olhou. Apenas disse: "Se mande! A vida agora é minha."

Aquele pai em frangalhos saiu para as ruas em lágrimas. Perdeu qualquer esperança, e em agonia dizia: "Aquele é o meu filho; está morrendo, e não quer que eu o ajude."

O diabo havia dito a estes pais que seus filhos são um caso sem esperança, que seus problemas jamais serão resolvidos. Ele os convenceu de uma mentira poderosa: que Deus é incapaz de ajudá-los. Talvez você ache que seu marido, que não é salvo, seja um caso sem esperança, que ele nunca virá a Jesus. Ou, talvez, tenha perdido as esperanças em relação à sua esposa, que lhe deixa à noite para participar de festas. Mas pessoa alguma jamais está tão remotamente distante, a ponto de Deus não conseguir resolver seu caso. Conheço muitos cristãos que hoje testificam: "Orei por meu cônjuge durante anos. Aí, um dia, quando eu já tinha desistido, Deus irrompeu. Ele salvou e libertou a pessoa que amo."

Nunca devemos desistir de ninguém - pois nada é impossível com nosso Deus.


Deus Pode Trazer à Vida Tudo Que Você Considera Morto


Marcos 5 conta a história de Jairo, o desesperado líder da sinagoga que pediu que Jesus curasse sua filha. A menina de doze anos estava à beira da morte, e Jairo suplica a Cristo para vir à sua casa, e impor as mãos sobre ela.

Jesus concorda em ir com ele. Mas primeiro Ele parou no caminho para ministrar à uma mulher que padecia de uma hemorragia (esta é a mulher que foi curada quando tocou a borda de Suas vestes). Enquanto Jesus tardava, chegou um mensageiro com a trágica notícia: a filha de Jairo já tinha morrido. Ele comunicou ao chefe da sinagoga: "Tua filha já morreu; por que ainda incomodas o Mestre?" (Marcos 5:35).

O coração de Jairo se apertou com a dor. Ele pensou: "Se tivéssemos chegado lá em tempo! Mas agora é tarde demais. Minha filha se foi." Mas Jesus lhe assegura: "Não temas, crê somente" (verso 36).

Ao se aproximarem da casa de Jairo, ouviram sons de choro e de lamentos. Eram a família e os vizinhos de Jairo, lamentando-se pela garota. Veja só o contraste na cena: lá estava Deus encarnado, criador do universo, capaz de fazer qualquer coisa que se possa imaginar - contudo, choravam em Sua presença. Em resumo, estavam dizendo: "Deus só pode operar enquanto há sinal de esperança. Mas uma vez tendo cessado a vida, não adianta mais invocá-Lo. Nem Ele consegue reverter uma situação dessas."

Quantos cristãos hoje não invocam mais o Senhor porque acham que não há esperança para o seu problema? Há multidões que só confiam em Deus até o ponto em que algo em sua vida morre. Não me refiro à morte de uma pessoa; falo a respeito da morte de um casamento, de um relacionamento, de um sonho, da esperança pela salvação de um ente amado - de qualquer coisa em sua vida que você ache ser impossível de se resolver, transformar ou restaurar.

Jesus repreendeu este tipo de incredulidade. Ele disse o seguinte à multidão chorosa na casa de Jairo: "Por que estais em alvoroço e chorais? A criança não está morta, mas dorme" (verso 39). Ele estava declarando: "A situação não está do jeito que vocês vêem ou pensam. Vocês acham que acabou a esperança. Mas Eu digo que haverá restauração." Ele então dirigiu-Se ao quarto da garotinha - e, pronunciando uma simples palavra, trouxe a criança à vida. "Imediatamente, a menina se levantou e pôs-se a andar..." (verso 42).

Por que o Espírito Santo incluiu esta história no evangelho de Marcos?
Fez isto para nos mostrar que nada está muito "morto", ou num estado muito avançado, para que Ele restaure à vida. Ele está dizendo: "Confie em Mim para resolver teu problema. Nunca é tarde demais para Eu operar."

Em verdade, quando dizemos que Deus não pode resolver algo, O chamamos mentiroso. João escreve: "...Aquele que não dá crédito a Deus o faz mentiroso..." (I João 5:10). Você é igual à família e aos amigos de Jairo, que ficaram sentados torcendo as mãos, e falando da situação inapelável? Se você sofre e se preocupa e não testifica: "Meu Deus pode fazer o impossível", você está dizendo ao mundo que Deus é mentiroso.


Basta Uma Palavra de Jesus,
e o Que Estava Morto Vem à Vida


Deus pode restaurar seja o que for em nossa vida, que pareça estar morto, com uma só palavra. Você está com problemas financeiros, sem poder pagar as contas? Aconteceu isto com os discípulos do Senhor - e Ele resolveu o problema deles de modo sobrenatural.

Quando chegou a hora de pagar os impostos, Cristo e Seus discípulos não tinham dinheiro para pagar a quantia necessária. Então, como o Senhor resolveu a situação? Ele mandou Pedro sair e pegar um peixe. Jesus lhe disse que acharia uma moeda na boca do primeiro peixe que pegasse, e que esta moeda cobriria seus impostos.

Fico só imaginando o que Pedro deve ter pensado: "Dinheiro para imposto na boca de um peixe? Essa eu quero ver. Sempre fui pescador toda minha vida, e já vi muita coisa dentro de peixes: vermes, anzóis, algas. Mas nunca vi uma moeda." Porém, quando Pedro foi abrindo o primeiro peixe que lhe chegou, ao chegar à boca achou uma moeda cintilante. O valor era suficiente para pagar os impostos, bem como Jesus havia dito.

Por que o Espírito moveu os escritores dos evangelhos para registrar esta história? E por que Jesus escolheu resolver estas situações através de milagres? Por que Ele simplesmente não fez uma coleta, ou enviou os discípulos para que trabalhassem por um dia, trazendo recursos para os impostos?

Creio que Jesus se moveu aqui de modo sobrenatural, porque queria provar a Seus filhos que Ele fará o impossível por eles. Ele pode resolver qualquer problema financeiro, qualquer crise familiar, qualquer necessidade desesperadora.

Ele queria que soubéssemos que Ele é o mesmo Deus que alimentou Elias com pão trazido por um corvo, que impediu que o barril da viúva se esvaziasse durante a seca... que protegeu a viúva de seus credores, enchendo enormes potes de óleo de cozinha a partir de um pequeno jarro... que alimentou uma multidão de 5.000 pessoas - e mais tarde outra multidão de 4.000 - com uns poucos peixes e pães. Ele sabe que, em certas ocasiões em nossas vidas, só um milagre pode resolver. E quer nos assegurar que Ele pode fazer o impossível por nós, em qualquer situação.

Naturalmente, podemos fazer suposições sobre a promessa de Deus em nos conceder milagres. Eu fiz isto anos atrás, quando era um jovem pastor, à idade dos vinte anos. Achei que tinha uma boa idéia em relação ao ministério - mas não consultei o Senhor antes de me aventurar à ela. Como resultado, incorri em uma dívida de 5.000 dólares, sem ter como saldar isto. (No dinheiro de hoje, isto chegaria à cerca de 25.000 dólares.)

Em desespero, comecei a reivindicar todas as passagens bíblicas que dizem: "Deus há de suprir todas as suas necessidades." Aí um dia, em oração, ouvi uma bela voz dizendo: "David, vá até a rua Chester amanhã ao meio dia e caminhe pelo lado da esquerda. Um homem irá até você levando um envelope contendo 5.000 dólares. Este homem é meu anjo, e vai pôr este envelope em suas mãos."

Eu pensei: "Obrigado, Senhor - Tu és verdadeiramente fiel." E no dia seguinte ao meio dia, desci a rua Chester e esperei que o homem aparecesse. Bem, esta era uma cidade com 1.200 habitantes, e ninguém jamais andava pelas ruas durante o dia, porque todo mundo estava no trabalho. Então, por muito tempo, não achei alma viva por ali. Andei para cima e para baixo quase uma hora, pensando: "Senhor, onde está ele?" Depois de um tempo, um homem efetivamente veio chegando - mas eu sabia que ele não era um anjo, porque estava dando baforadas em um cigarro.

Finalmente fui para casa desesperado. Orei: "Senhor, como pude ter sido enganado desta maneira? O que farei agora? Por favor, Pai - perdoe-me por não confiar em Ti. Deposito todo este problema em tuas mãos."

Poucos dias depois, um senhor de nossa igreja me telefonou. Disse: "Soube de suas dificuldades, e conheço alguém que poderá ajudar. É um banqueiro cristão que mora numa outra cidade. Por que você não liga para ele?"

Entrei em contato com o banqueiro, e ele fez por mim algo desconhecido naqueles dias: me concedeu um empréstimo de 5.000 dólares sem nenhuma garantia. E disse: "Você pode me pagar isto em quantias de 50 dólares por mês."

Deus resolveu o meu problema. E através de tudo isto, Ele me ensinou esta lição: "David, Eu poderia lhe ter mandado um anjo lhe dar aquele dinheiro. Mas Eu queria que você aprendesse algo, porque lhe amo. Se Eu não lhe ensinasse isto, você ainda estaria tomando decisões erradas - e teria uma dívida de 100.000 dólares."

Aprendi que mesmo confiando que o Senhor fará o impossível, não posso esperar que de repente, um anjo apareça e me salve das decisões irresponsáveis que tomei.


Eis a Maior Operação de Deus:
Ele Não Só Pode Resolver Tua Situação Difícil,
Como Também o Teu Problema de Pecado


Há pouco, nosso ministério recebeu uma carta de um presidiário, de partir o coração. Dizia:

"Pastor David: sou um pervertido sexual, e estou preso por causa deste vício. Sei que não nasci assim, mas acabei me transformando nisso. Fui casado três vezes, e tenho quatro filhos. A verdade é que gosto de tudo que é pervertido. Tudo que se possa imaginar, eu provavelmente já experimentei. Quero parar, mas não paro. Já superei crise de abstinência - isto não foi problema. Até fui capaz de me afastar de pornografia, um pouco de cada vez. Eu creio de verdade no poder que Deus tem de curar. Supliquei, chorei e Lhe pedi socorro. Mas parece que não consigo achar a porta para fugir do meu problema de perversão."

"Sempre tenho comigo o desejo de fazer a vontade do Senhor; porém, constantemente deixo este desejo de lado e caio outra vez na minha luxúria. Menti para Deus, prometendo nunca fazer de novo, mas sempre volto."

"Sofro porque sei que entristeço o Senhor. Quando vou à capela, me sinto de duas caras. Aqui há homens que me respeitam, porque lhes dei bons conselhos, mas não guardei isto para eu mesmo. Toco piano e canto na capela, mas não me sinto bem porque não estou bem."

"Prefiro morrer e ir para o inferno, do que alguma vez importunar mais uma pessoa inocente outra vez. Mas não quero ir para o inferno. Quero servir a Deus, e quero seu amor. Estou numa armadilha pois odeio o que faço, mas mesmo assim gosto. Não sei o que fazer."

Digo a este jovem: não perca as esperanças. Deus pode consertar sua mente pervertida. Ele deseja trazer cura para você.

Houve uma época em que achei que não havia cura para os homossexuais, pois via tão poucos casos de cura divina entre eles. Nosso ministério já teve um Lar para homossexuais, mas acabou em desastre. Todos os nossos programas para reabilitação de drogados e alcoólatras funcionavam, mas eu via poucas vitórias com homossexuais.

Então o Senhor começou a me enviar testemunhos de homossexuais que haviam sido libertados de sua escravidão. Também recebi informações de outras pessoas que haviam sido libertos dos piores tipos de perversão sexual que há na terra. Hoje, digo a qualquer pessoa, com amor profundo e real: se você quer libertação, Deus é capaz para lhe conceder isto - não importando qual tipo de luta você enfrenta. Ele pode romper o seu hábito e lhe libertar.

Contudo, você tem de crer que nada em sua vida é impossível para Deus. Inexiste garra do diabo que Ele não possa quebrar.

Assim, prezado santo, aproprie-se da fé: creia que Deus vai mudar e transformar totalmente sua vida. Se Ele concedeu isto à viúva pobre, ao jovem possuído pelo demônio, à filha de Jairo - Ele pode conceder a você. Nosso Deus pode resolver qualquer coisa.

---
Usado através de permissão concedida por World Challenge, P. O. Box 260, Lindale, TX 75771, USA.

Este material é destinado unicamente para uso pessoal e não deve ser exposto publicamente em outras páginas da web. A Lorain County Free-Net Chapel detem os direitos exclusivos da parte de World Challenge, Inc. para publicamente apresentar estas mensagens em sua página da web. É permitido baixar este arquivo, copiar, imprimir e distribuir este material, desde que ele não seja exposto em um outro site da Internet. Pode-se, contudo, coligar este site para servir como referência destas mensagens.


Arquivo do Texto Simples + Índice dos Sermões em Português + Capela + Subscrição + Copyright

Informações a respeito da Igreja de Times Square | Informações para o Novo Leitor


COPYRIGHT/LIMITAÇÕES À REPRODUÇÃO:

Este arquivo de dados é propriedade exclusiva de World Challenge. Ele não pode ser alterado ou editado de nenhuma maneira. Ele pode ser reproduzido apenas na sua totalidade para circular como "freeware", sem custos. Todas as reproduções dos dados deste arquivo devem conter o registro de copyright [i.e., "Copyright © 2000 by World Challenge"]. Este arquivo de dados não pode ser usado para a venda ou promoção de qualquer outro produto à venda sem a permissão de World Challenge. Isto inclui todo o seu conteúdo com a exceção de umas poucas e breves citações. Favor incluir a seguinte fonte de crédito: Copyright © 2000 by World Challenge, Lindale, Texas, USA.


Este site da web é uma realização de
The Missing Link, Inc.®
Ligando Jovens e Adultos em Dificuldades com Programas Transformadores de Vidas
Web site - http://misslink.org/
Site da Capela - http://misslink.org/chapel2.html
Home Site em Várias Línguas das Pregações de David Wilkerson na Igreja de Times Square
http://www.tscpulpitseries.org